Palmilha de silicone: para que serve e como usar?

Passar horas em pé pode ser uma exigência de muitos profissionais – e no fim do dia essa situação pode levar a alguns desconfortos e até mesmo a problemas de saúde, como dor nas pernas e nos pés, devido à pressão exercida no chão.

Nesses casos, muitas pessoas recorrem ao uso da palmilha de silicone – que é uma opção prática e econômica, capaz de ser colocada em qualquer tipo de calçado.

Para que a palmilha de silicone é indicada?

A principal indicação da palmilha de silicone é para combater as dores nas costas, principalmente devido a sua ação corretiva nos problemas posturais.

De acordo com um estudo realizado pela Escola Nacional de Saúde Pública em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), cerca de 35% da população brasileira sofre com dores nas costas.

Além disso, outro uso da palmilha de silicone é para os calçados que podem machucar os pés e tornar o seu uso desconfortável.

De que modo à palmilha de silicone funciona?

Passar horas em pé ou se movimentando pode causar um grave impacto postural. Essa situação aliada a um sapato desconfortável é um grande gerador de questões como lesões nas articulações, dores nas costas e problemas nos joelhos e nos tornozelos.

Como a palmilha de silicone proporciona uma melhor resistência e uma boa capacidade de amortecimento, sendo feita de um material macio e flexível, ela é muito indicada para aquelas pessoas que precisam passar horas em pé ou em situações desconfortáveis e agressivas para a coluna e as articulações – melhorando o conforto do calçado e também a postura.

Será que preciso de uma palmilha de silicone ou ortopédica?

Tudo irá depender do seu caso e das suas necessidades. Na maioria das vezes, a palmilha de silicone já é suficiente para proporcionar mais conforto aos pés e as pernas, evitando questões mais sérias.

Mas, se você já sofre com problemas posturais ou outros tipos de lesões pode ser recomendável fazer uma visita a um ortopedista que poderá lhe indicar palmilhas especiais para o seu caso.

Em geral, as palmilhas ortopédicas são fabricadas por fisioterapeutas ou técnicos em ortopedia e são feitas de acordo com as características específicas de cada paciente, após uma avaliação rigorosa da postura e da pisada, além da realização de testes de mobilidade e de equilíbrio.

As palmilhas ortopédicas também são indicadas nos casos de tratamento de esporão calcâneo, fascite plantar e joanete.

As palmilhas de silicone podem ser usadas por quem pratica atividade física?

Sim, as palmilhas de silicone são ótimas para as pessoas que praticam atividades de alto impacto, como as corridas, já que o material ajuda a absorver os impactos do exercício e a diminuir os danos causados ao corpo.

Nesse caso, os artigos costumam ser anatômicos, ou seja, feitos a partir das suas medidas a fim de evitar outros problemas mais graves que possam interferir na sua pisada.

FONTE: Rubi Hospitalar

×
Olá,
Posso ajudar?